quarta-feira, 28 de março de 2007

Texto Online - roteiro aula do dia 28/4/2007

Texto jornalístico na internet

1) O principio é o mesmo do jornalismo impresso
a) Investigar, editar, contextualizar e publicar informações e notícias que contribuam para que o público possa tomar decisões em seu benefício.
b) Oferecer diversão e educação aos seus leitores, espectadores e ouvintes.
c) Você precisa pensar antes em quem vai ler o texto.
d) Organizar a estrutura do texto, o que você vai contar.
e) Diferença entre texto e narrativa

2) O texto no jornalismo online está aos poucos abandonando a ditadura da teoria da pirâmide invertida por conta da expansão da narrativa não linear em ambiente multimídia.

3) O jornalismo online caminha para a ampliação do uso de uma narrativa baseada em blocos de informação não hierárquicos onde o navegador pode escolher a ordem de navegação.
a) A maioria dos internautas não lê na Web. Eles escaneiam as páginas para garimpar informações;
b) Eles guardam apenas algumas frases;
c) Os leitores não gostam de textos longos porque sentem-se forçados à leitura quando não
gostam do que lêem. Textos menores lhes dão a liberdade de pular para outro mais interessante;

d) Textos com propaganda irritam os leitores.
e) Em textos longos é necessário criar uma estrutura de temas para orientar o leitor;
f) Utilize ao máximo textos com marcadores (números ou círculos negros);
g) Parágrafos em espaço duplo. No texto espaço simples.
h) Fonte verdana 10 é o padrão.
i) Linhas de no máximo 70 caracteres com espaço,
j) Cada frase uma idéia ou no máximo duas quando são relacionadas;
k) Tente sempre deixar claro para o leitor que perguntas o texto pretende responder.

4) Os textos online devem ser mais curtos, mais diretos e em linguagem coloquial porque a leitura na tela é 25% mais cansativa que no papel. Além disso, os links tendem a dispersar a atenção do leitor portanto você deve dizer o máximo possível em poucas palavras porque depois o visitante vai embora.

5) A leitura dos textos online segue o padrão F conforme mostraram pesquisas com um equipamento chamado EyeTracking. (http://www.criarweb.com/artigos/270.php e http://www.poynterextra.org/eyetrack2004/main.htm )

6) Níveis de leitura:
a) O texto online, tanto linear como não linear, tem quatro níveis diferentes de leitura:
b) Superficial : titulo e chamada, importância dos títulos
c) Leitura Dinâmica: palavras ou expressões em negrito, scanning
d) Leitura completa : até o final do texto;
e) Leitura em profundidade: após a leitura completa, o usuário navega pelos links da reportagem, artigo ou notícia.

7) Narrativa hipertextual. Links

8) Hoje ainda temos uma narrativa basicamente linear. Mas nos próximos anos passaremos cada vez mais a experimentar narrativas não lineares. Por isto vamos estudar as duas modalidades:

9) Narrativa linear
a) Obedece a estrutura da pirâmide invertida. O mais importante no inicio seguindo-se um ordem decrescente em relevância informativa.
b) Ordem direta, frases curtas, textos de no máximo 256 a 30 linhas.
c) Em caso de textos muito longos é preferível dividí-los em blocos secundários, linkados a partir do texto principal.


10) Narrativa não linear
a) Estrutura de blocos de informação;
b) Cada bloco tem um tema principal e deve dar ao leitor uma idéia geral do todo, criando expectativas sobre os demais blocos.
c) Exemplo

11) Narrativas multimídia
a) Texto,
b) Áudio,
c) Vídeo,
d) Slideshow,
e) Animações,
f) Gráficos.

Exercícios
1) Escrever um texto de 500 palavras para o blog
2) Reescrever
3) Fazer critica do texto Redefinição do Noticiário Online
4) Analisar textos do blog com base no que foi dito hoje em classe e fazer um post critico do conteudo do blog.

3 comentários:

Córrego Grande disse...

Olá turma.

É incrível o quanto um blog parece fácil de se desenvolver e ao mesmo tempo tão difícil de veicular um bom material. As idéias parecem brotar. Mas devemos focar em um assunto em especial.

Estou criando meu sobre bairro do Córrego Grande. Estou analisando a situação sócio econômica da população e os principais problemas, como: segurança, trânsito, e projetos sociais.

Escrevo, escrevo e meu texto ainda parece estar engatinhando, e sempre que defino um tema aparece um melhor para tomar espaço do proposto até entao.

O parque ecológico do Córrego está com projeto de preservação, recolhendo resíduos de óleo de cozinha, afim de evitar a poluição do meio ambiente. Eles utilizam material para preparação do adubo, um tema super atual.

Quem puder colaborar com dicas de formatação de texto e idéias sobre alguma pauta. Estou aberta a sugestões e quem quiser pode acessar blog( ainda em construção)

www.lucianacantos.blogspot.com

Atenciosamente;
Luciana Savelli

Córrego Grande disse...

Olá turma.

É incrível o quanto um blog parece fácil de se desenvolver e ao mesmo tempo tão difícil de veicular um bom material. As idéias parecem brotar. Mas devemos focar em um assunto em especial.

Estou criando meu sobre bairro do Córrego Grande. Estou analisando a situação sócio econômica da população e os principais problemas, como: segurança, trânsito, e projetos sociais.

Escrevo, escrevo e meu texto ainda parece estar engatinhando, e sempre que defino um tema aparece um melhor para tomar espaço do proposto até entao.

O parque ecológico do Córrego está com projeto de preservação, recolhendo resíduos de óleo de cozinha, afim de evitar a poluição do meio ambiente. Eles utilizam material para preparação do adubo, um tema super atual.

Quem puder colaborar com dicas de formatação de texto e idéias sobre alguma pauta. Estou aberta a sugestões e quem quiser pode acessar blog( ainda em construção)

www.lucianacantos.blogspot.com

Atenciosamente;
Luciana Savelli

Carlos Castilho disse...

Oi Luciana,
O que você está sentindo é o meso que quase todos sentem. A agonia de achar que sempre dá para fazer melhor e o drama de sempre surgir um tema mais adequado. É normal e você não precisa se assustar com isto. Quando você estiver escrevendo e surgir uma outra idéia, anote-a e guarde para o próximo post. Se você ficar pulando de idéia em idéia acaba não escrevendo nada.
A idéia do residuo de oleo de cozinha para preparar adubo é sensacional. Você não deve perde-la porque pode dar um excelente material para ser publicado até em jornais como o DC. Abração
Castilho